Redes Colaborativas Solidarias

EdC – Submissão de Trabalhos 

EMENTAS PARA CHAMADA DE ARTIGOS – UNIRIO – EDC 2021

 

PREMISSA

Os artigos submetidos poderão abordar os fundamentos e princípios essenciais de distintas áreas de conhecimento: ciências agrárias, ciências biológicas, ciências exatas e da terra, ciências humanas, ciências da saúde, ciências sociais aplicadas, engenharias, linguísticas, letras e artes

Os autores, com suas leituras e seus olhares, poderão debruçar-se sobre a realidade de forma dialógica resgatando linhas de pensamentos ortodoxas e heterodoxas que evidenciem princípios e categorias como dádiva, reciprocidade, solidariedade, felicidade, alteridade, fraternidade, comunhão.

Os trabalhos poderão tratar temas transversais como: governança, gestão, desenvolvimento de pessoas, capital social, ética, responsabilidade social, relações interpessoais, saúde, segurança, bem-estar, meio ambiente, urbanismo, acessibilidade, gênero, educação, comunicação, produção, consumo, sustentabilidade, lucro, acumulação de capital, lógica da fraternidade nas relações econômicas.

As áreas e os temas propostos são amplos e complexos, portanto não será exigido que os artigos esgotem todas as possibilidades de análise.

 

ÁREA 1 – A TOLERÂNCIA E SUAS CONTRADIÇÕES EM TEMPOS DE FRAGMENTAÇÃO: CONCILIAR O INCONCILIÁVEL – AUTORIDADE, RECONHECIMENTO, AUTORITARISMO E MEDO.

Pensar a (in) tolerância seja como geradora de vínculo, seja como propulsora de desvinculação social no campo do trabalho e do mercado e suas consequências, seus desafios, suas conquistas. Considerando o “paradoxo da intolerância”, entendido como a impossibilidade de tolerar a intolerância, pensar a tolerância como passagem ao diálogo. Portanto, marcar as diferenças entre “tolerar” e “dialogar” e os efeitos, tanto da tolerância quanto do diálogo, na construção das relações e das estruturas econômicas e sociais

Pode-se transitar por subtemas como pluralidade, igualdade, participação, como também as questões de gênero, de classe, de inclusão laboral.

Neste contexto, pensar a (in) tolerância desde as perspectivas do individualismo e do altruísmo; do medo, da competição-cooperação; o lugar da solidariedade, da amizade e do ágape nas relações sociais e de mercado. Autoridade e autoritarismo, participação e protagonismo.

ÁREA 2 – COOPERAÇÃO E COMPETIÇÃO NO MEIO SOCIAL: O TRABALHO HUMANO E SUAS CONSEQUÊNCIAS NA SAÚDE

O trabalho humano e sua relação com a saúde física, psicológica, emocional e espiritual dos trabalhadores e colaboradores. Sob este enfoque pensar as relações de trabalho e seus respectivos modelos de gestão. Ou seja, como os modelos de gestão podem suscitar equilíbrios e desequilíbrios nas relações de trabalho em micros, pequenas, médias e grandes empresas e entre empresários, trabalhadores, colaboradores e fornecedores.

ÁREA 3 – PLURALIDADES E SINGULARIDADES EM RELAÇÕES DE PODER: POLÍTICAS PÚBLICAS

Demonstrar teórica e/ou empiricamente como políticas públicas, restritas ou não à mandatos governamentais, se articulam tendo como objetivo os aprendizados humanos e sociais que se pautam por relações que enfatizam e estimulam horizontalidade, cooperação e a percepção de alcance do bem comum.

Pensar as fragilidades conceituais, processuais e instrumentais de políticas públicas verticalizadas que se degeneram no autoritarismo e, consequentemente, em relações de dominação e exploração.

Pensar as estruturas de poder, os processos institucionais e burocráticos que afastam a possibilidade de participação social, articulação de pessoas e desenvolvimento de ações sociais coletivas.

Pensar a proposição de mecanismos participativos públicos e abertos que permitam a pluralidade de concepções políticas tendo em vista o alcance do bem comum.

Pensar sobre as competências constitucionais das esferas de governo no que se referem aos direitos sociais que permitam pluralidade, igualdade, participação.

Pensar como os marcadores sociais, a exemplo de gênero, classe e raça, se desenvolvem nas políticas públicas a fim de construir possibilidades autônomas e fortalecimento das relações sociais para cooperação social.

ÁREA 4 – CIDADES INTELIGENTES E COMUNIDADE CIDADÃ: DESENVOLVIMENTO RESPONSÁVEL E SATISFAÇÃO E FELICIDADE HUMANA

Pensar a relação entre: cidades inteligentes, comunidade cidadã, desenvolvimento responsável, satisfação e felicidade, como relações de causa-efeito-causa. Pensar o lugar da pessoa humana nas relações sociais na cidade. Pensar o papel da sociedade civil na construção de uma cultura do bem-comum e a responsabilidade social dos indivíduos e das coletividades no exercício da cidadania, em prol do bem comum e da satisfação e felicidade humana.

Pensar a relação da pessoa e da cidade com a natureza, podendo tocar questões como produção e destino do lixo, geração e consumo de energia, como trabalhar e promover a cultura da reciclagem.

Pensar a questão da inclusão nos espaços da cidade em relação ao transporte, espaços de lazer, mobilidade e acessibilidade.

Pensar o “inteligente” como cidades que constroem articulações, inserções e estruturas visando propiciar a solidariedade e a comunhão entre os cidadãos.

Área 5 – O TEMPO E O ESPAÇO NA ERA DIGITAL: OS PARADOXOS DAS REDES

Pensar como a tecnologia digital e as mídias sociais estão provocando, ou não, mudanças adaptativas e mudanças transformadoras no tempo e no espaço nas relações sociais, em especial nas relações e formas de trabalho.

Apontar os impactos das redes bem como os desafios a serem superados frente à pessoa humana e o ecossistema.

 

Instruções para Submissão de artigos

1 – O Artigo deve ser enviado por e-mail contendo 3 (três) arquivos anexados (1º e 2º arquivos e Formulário de Inscrição) e deve ser escrito em um dos idiomas de sua escolha: Português [pt], Italiano [it], Espanhol [es] ou Inglês [en]. São permitidos até 5 (cinco) autores no mesmo Artigo. O Guia de formatação do Artigo, para cada idioma, está em um arquivo Template.doc (clique em [pt] ou [it] ou [es] ou [en]) que deve ser baixado a seguir.  

2 – 1º arquivo eletrônico: artigo completo com a identificação de autoria (download [pt] [it] [es] [en]).

3 –  2º arquivo eletrônico: artigo com exclusão da identificação dos autores(as) (nome, email, instituição) (download [pt] [it] [es] [en]).

4 – Importante(1): o 2º arquivo eletrônico não poderá conter qualquer elemento que permita a identificação dos autores.

5 – Importante(2): os 3 arquivos não devem ultrapassar o tamanho de 10 MB 

6 –  Download do Formulário de Inscrição através do link: download _Formulário

7 – Submissão do Formulário de Inscrição e Artigo (1º. e 2º. arquivos eletrônicos) através do email: submissaoedc10anos@gmail.com

8 – Prazo de submissão:  29/05/2020 a  30/11/2020   

9 –  É de responsabilidade dos autores o compromisso ético da sua pesquisa e dos resultados apresentados.

10 –  Para os artigos avaliados pela banca examinadora, que forem aceitos com restrições:

(a) Confirmar em até dois dias úteis o recebimento do email do Coordenador Científico.

(b) Adequar e ressubmeter em até cinco dias úteis, a partir da data da confirmação do recebimento do email do Coordenador Científico.

(c) O não cumprimento da adequação e do prazo resulta na não aprovação do artigo.

Agradecimentos: